Filmes que tem continuidade após décadas

Quem adora cinema sempre guarda um filme no coração. Mas por que alguns filmes demoraram tanto para ter continuidade? Descubra agora!

Filme novo de novo após uma década
Filme novo de novo após uma década

Quem gosta de cinema, sempre tem aquele filme preferido da vida! Mas difícil mesmo é quando gostamos de filmes que demoraram mais de uma década para terem uma continuidade, não é mesmo? Atualmente estamos vendo vários filmes sendo lançados e dando aos seus “órfãos”um gostinho de saudosismo e nostalgia.

A exemplo disso temos Avatar e Top Gun, dois filmes que foram um completo sucesso em sua data de lançamento e cujas produções demoraram um bocado, mas foram continuadas recentemente! Mas porque esperar tanto tempo não é mesmo? Os motivos são muitos e variados e vamos descobrir juntos as causas dessa espera sem fim!

Porque demoras, Avatar?

No caso de Avatar, o diretor afirmou em entrevista que para dar continuidade aos filmes ele precisava ter todos os roteiros em mãos, pois assim as histórias são interligadas e conexas. No caso desse filme em específico, os roteiros demoraram mais de quatro anos para ficarem prontos e isso consequentemente atrasou as gravações, também por conta da necessidade de recursos tecnológicos utilizados.

É todo um processo nos bastidores que infelizmente nem sempre temos a oportunidade de compartilhar, por isso, nos sentimos no escuro, enquanto telespectadores. O diretor de Avatar, fala ainda sobre a importância de desenvolver um sistema e que isso não significou perda de tempo, mas pelo contrário, um investimento em  desenvolvimento de tecnologia e design. O filme promete beleza e alta performance nas telas do cinema a partir de 15 de dezembro de 2022.

Arrecadação de milhões

 Na verdade, de US$ 1,48 bilhão de bilheteria em cinemas do mundo todo. Esse foi o valor arrecadado pela estréia do filme Top gun Maverick que foi um sucesso e ficou por meses em cartaz. Enfim a demora para lançar essa continuação valeu a pena e apesar de não ter ficado claro que esse era o motivo, foi extremamente lucrativo para a Paramount+.

A produtora ganhou não só em bilheteria nos Estados Unidos como em seu seu streaming, que atraiu muitos novos usuários e continua na campanha para continuar brilhando nas telinhas dos cinemas, mas principalmente nos dispositivos eletrônicos domésticos. O interessante nessa história é poder assistir o Top Gun original novamente e matar aquela saudade, sem ser repetitivo. Afinal tem tanto tempo que foi lançado, que aposto que você não lembra o final.

Que tal representatividade?

Eddie Murphy, protagonista do filme Um príncipe em Nova York lançado em 1988, foi um sucesso e público à época do lançamento. E como não poderia ser diferente essa comédia romântica foi um grande sucesso de público mas por motivos diferentes dos atuais. Atualmente ter um filme com um protagonista negro é visto de forma muito positiva e com extrema relevância. E nesse quesito os produtores do filme, simplesmente deram um show.

Mas infelizmente a versão atual, não trouxe de volta a criatividade do primeiro filme e nem conseguiu superar a comédia do filme de 1988. Lamentável, pois marcou época e deixou os fãs bem decepcionados. A adaptação recebeu muitas críticas e comentários que vão de “sem graça”  à “insípido”, não chegou nem perto dos outros lançamentos que apesar da demora, não decepcionaram.

Filme novo de novo após uma década

Perdeu o encanto?

Será? O filme “Encantada” demorou demais para ter uma continuação, mas a pergunta que não quer calar, é: perdeu o encanto? Dentre os filmes que demoraram mais de uma década para ter continuidade, esse em especial, levou longos 15 anos e aparentemente tem tido uma repercussão surpreendente!

O roteiro novamente pareceu ser um grande problema para os atores e os diretores, que divergiam, mas finalmente conseguiram ajustar, além disso, os atores puderam reprisar seus personagens, o que é considerado um bônus. A continuação já tinha sido cogitada em 2011 e depois em 2018, mas apenas no final de 2020.

É que a Disney resolveu anunciar Desencantada e foi dirigida por Adam Shankman. O filme só foi lançado para os assinantes da Disney+ e esta decisão foi tomada em decorrência da mudança de comportamento dos consumidores de filmes. Com a pandemia da covid-19, os serviços de streaming se tornaram imensamente valorizados.

Procurando Dory, pois já encontramos Nemo!

Apenas continue a nadar! Esse é o lema que a Pixar parece não deixar de seguir, e apesar da demora, não pode deixar de lançar Procurando Dory. O filme é uma continuação do filme “Procurando Nemo” e fica bem claro desde o começo, pois traz as cenas do filme anterior para dar sentido à nova busca que será iniciada.

E apesar de soar repetitivo, o filme toma novos rumos e apresenta um novo cenário e uma história diferente e cheia de emoção. Uma animação maravilhosa! Questões muito comuns como a importância da família e a questão da identidade social ainda prevalecem, mas traz uma nuance muito interessante, que é a angústia sentida por Dory, em decorrência da amnésia que lhe acometeu.

E olha que coisa impressionante,  o filme dá uma valiosa atenção à vida marinha no Instituto Marinho de Monterrey. Há uma busca pelo resgate, reabilitação e devolução dos animais aos oceanos como lema da organização. Um tema muito importante no atual contexto, em que as mudanças climáticas e a sustentabilidade tem sido trazido à tona e discutido pelas instituições públicas e privadas.

Abracadabra!

Preparado para ser enfeitiçado? Claro que sim! O filme lançado em 1993, recebeu sua versão continuada, em 2022, e ao que tudo indica teve a participação efetiva da atriz Bette Midler, para sua concretização. Considerado por muitas pessoas como um mito da cultura pop, esse será mais um filme lançado apenas para os assinantes do streaming Disney +.

Deixando os fãs não assinantes com água na boca! Apesar de não ter sido cogitada a possibilidade do lançamento de uma continuação por parte do roteirista e da direção, a Bette sentia muito a necessidade de ter uma continuação! Sentiu tanta falta das irmãs Sanderson, que comprou até uma fantasia de Winifred.

Enfim, após algumas ligações e um grande empenho da atriz, o estúdio aceitou a ideia, preparou a casa e recebeu as irmãs para fazer essa versão repaginada. Se foi encanto ou não, a verdade é que os fãs da geração Millenials estão super animados com essa continuação e felizes com a reunião das irmãs bruxas! Abracadabra!